Esqueci que Jesus vai voltar!!!

10 de janeiro de 2011

Tem dias que me envergonho de mim mesma, sabe, nós temos potencial pra fazer muito mais coisas do que a gente faz normalmente, e a gente sabe disso. O problema, que eu tenho (será que sou só eu?), é que as vezes me encho de autopiedade. Isso é uma praga na minha vida...rsrs porque, ela é exatamente como uma planta sorrateira, que vai crescendo sutilmente, e quando você se dá conta, ela já tomou grande parte do "quintal".
A decisão de dizer não à mediocridade tem que partir de mim. Em todos os sentidos da minha vida, profissional, ministerial...mas o que mais me deixa intrigada, é com a área espiritual.
O relaxo que muitas vezes tenho com as coisas de Deus, a falta de comprometimento verdadeiro. O desleixo com a minha comunhão com Deus, se é que possuo uma...Bem, isso me envergonha.
Parece que perdi a percepção que tinha do Eterno, da Glória de Deus....parece que vivemos um tempo de obscuridade sabe, tudo tão prático, tudo tão pronto, tudo tão descartável, banal, a vida se tornou robotizada, fazemos as coisas porque temos que fazer, mas raramente por prazer...um gnosticismo impregnado, como se a vida se resumisse em "fazer coisas" pra Deus...
Entendi que Deus não quer que eu "faça coisas pra Ele" ele quer que eu seja d'Ele, mas isso é outro assunto..onde quero chegar é que, estamos tão ocupados com tudo, que não sobra tempo pra buscar a Deus, é essa a desculpa que a gente dá não é?
Da mesma forma como, a disciplina da solitude, da quietude, do silêncio, da intimidade com Deus ficou banal, o pecado também se tornou! E é aí que mora o perigo.
Presença de Deus banal = Pecado insignificante. Triste engano.
Subestimamos o pecado errôneamente. E isso é trágico para um Cristão... passamos a justificar os erros com muita facilidade...perguntamos pra nós mesmos: "não é pecado néh?" e em seguida o justificamos...como se tivéssemos razão.
O céu se tornou tão distante, e tão menos desejado pra nós...não ansiamos mais pela volta de Cristo, até porque se Ele voltar agora, receio que alguns tremam, de medo, porque talvez ele encontre a "casinha bem suja" rsrs. Enfim, com o céu cada vez mais distante, o pecado se torna comum! E aí, nos afastamos cada vez mais de Deus. Anseie pela volta de Cristo, espere por Ele, e que ele te encontre fiel.
"Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o dono da casa: se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã; para que, vindo ele inesperadamente, não vos ache dormindo. O que, porém, vos digo, digo a todos: vigiai!"



5 comentários:

Bia Cerutti disse...

parabens joyce.... certamente, seu melhor e mais significativo post.
que Deus continue te abençoando e te dando o crescimento diario em Sua direção.
bjo

lu disse...

ótimo post, as vezes nos esquecemos mesmo, dedicamos o nosso tempo a tantas coisas e muitas vezes esquecemos de dedicar um tempo para Deus que deveria estar em primeiro lugar nas nossas vidas!
bjos!

Mensagens abencoadoras!!! disse...

Ola Joyce passei pra te dizer oi........
Continua muito interessante e evangelisticooo seu blog!Parabens!!
Marly
www.paraabencoarsuavida.blogspot.com
"Mensagens abencoadoras"

aronecampos disse...

Não, não é só com você!
Essa rotina que nossa vida acaba virando é terrível. Nos contentamos em fazer "o de sempre" e deixamos de fazer sempre mais, e ainda assim, tentamos enganar a nós mesmos fingindo que estamos dando o nosso melhor. Aos poucos, vamos dando espaço a "pequenas coisas" (que de pequenas não têm nada) e quando caimos na real, já estamos envolvidos por coisas maléficas. Graças a Deus que tem nos dado incontáveis oportunidades de "limpar a casa", mas temos que ficar atentos e não permitir que ela se suje novamente, porque pode ser que não haja mais tempo para limpá-la.

Forte Abraço!!!

Josafá disse...

Essas coisas não acontecem somente com você. Acredito que aconteça com muitos de nós, principalmente jovens, onde tem que estudar, trabalhar, blogar e também twittar...
Com tudo isso e mais "um pouco" acabamos tratando com desleixo a obra de Deus e seu cuidado para conosco. Por consequência do pecado e desse relaxamento com as coisas dEle, deixamos a casa suja. O Espirito Santo não habita em altar desorganizado e sujo. Vida no altar,ou seja, Santidade, é o que precisamos para agradarmos a Deus e termos a certeza de que estamos prontos para o maravilhoso dia da vinda dEle.